Como usar a pílula do dia seguinte, alcançar o objetivo e não prejudicar a saúde?

Como usar a pílula do dia seguinte, alcançar o objetivo e não prejudicar a saúde?

Como usar a pílula do dia seguinte, alcançar o objetivo e não prejudicar a saúde?

Esqueceu de usar camisinha? O preservativo estourou no meio da transa? Há algumas décadas, isso seria um verdadeiro desastre, principalmente se a mulher fosse solteira e não quisesse ter filhos no momento. Felizmente, a ciência evoluiu e hoje em dia é possível contar com a pílula do dia seguinte.

Esta pílula é utilizada quando por uma ou outra razão o preservativo não foi usado. Este medicamento não é 100% garantido para evitar a gravidez, contudo é uma boa alternativa como medida de emergência.

Mas afinal, o que é e como se usa o anticoncepcional do dia seguinte?

A pílula do dia seguinte é uma forma eficaz de evitar a gravidez depois de ter feito sexo sem proteção. Existem diversos tipo de anticoncepcionais de emergência e alguns funcionam melhor do que outros.

Normalmente, a pílula deve ser ingerida em um prazo que não exceda 120 horas, aproximadamente 5 dias, após ter sexo sem proteção. A maior parte das pílulas têm o levonorgestrel como princípio ativo, mas existem anticoncepcionais orais do dia seguinte com outros componentes.

O levonorgestrel é uma progesterona sintética, que atua como método de contracepção emergencial por três mecanismos:

  • Inibira ovulação;
  • Impedira fertilização do óvulo pelo espermatozóide;
  • Bloquear o óvulo que foi fecundado, para não se acomodar no útero.

Dos três mecanismos que foram mencionados, sem dúvida o principal é a inibição da ovulação.Por esta razão, é indispensável tomar a pílula o mais rápido possível.

Em termos gerais, a pílula do dia seguinte altera o ciclo menstrual, antecipando o momento da menstruação. A maior parte das mulheres menstrua cerca de uma semana depois do uso do anticoncepcional.

No que concerne às pílulas com levonorgestrel, elas funcionam melhor quando a ingestão é feita em um prazo de 72 horas depois do sexo sem proteção, isto é, quanto antes você tomar o medicamento, maior será o seu efeito.

Quando usar a pílula do dia seguinte?

  • Realizou sexo vaginal ou anal em camisinha;
  • Aconteceu alguma coisa com o anticoncepcional habitual como esquecimento, mudança do adesivo etc. e aconteceu sexo vaginal;
  • Ocorreu ejaculação do par antes de interromper o coito;
  • Houve sexo forçado sem preservativo.

Se você utiliza anticoncepcionais de emergência corretamente após ter sexo sem proteção, a probabilidade de a gravidez acontecer diminui bastante. Mesmo que este seja um método contraceptivo, é relevante considerar que não é recomendável o uso das pílulas como anticoncepcionais recorrentes. Neste sentido, as pílulas deste tipo possuem elevada carga hormonal, o que pode desencadear descontrole no ciclo menstrual.

Além disso, os comprimidos do dia seguinte não são tão eficazes quanto os tradicionais. Sobre a eficácia do levonorgestrel, se a mulher toma corretamente e dentro do prazo de 72 horas, ele apresenta 97% de eficácia. Caso a menstruação não apareça em um prazo de 3 a 4 semanas, é importante que a mulher faça um exame de gravidez.

Alguma vez precisou recorrer a este método anticoncepcional? Deixe a sua resposta, participe!

Ficou curioso? Quer conhecer o melhor motel de Blumenau? Vem pro Capri!

E ai? Gostou do post?

Avalie agora!

Média de votos / 5. Contador de votos

As you found this post useful...

Follow us on social media!

Deixe uma resposta

Fechar Menu
× Dúvidas ou Reservas!